quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Vivendo Nossa História: Governador Jorge Teixeira



O Coronel Jorge Teixeira, conhecido por “Teixeirão”, figura como o primeiro da lista dos prefeitos de Manaus, o conhecido top of mind; pode perguntar em qualquer esquina, principalmente dos que já passaram dos cinqüenta anos, será com certeza o mais lembrado! Foi nomeado prefeito de Manaus em 15 de abril de 1975, pelo então governador Henock da Silva Reis e recebeu a PMM pelas mãos do presidente da Câmara Municipal e prefeito interino, Ruy Adriano de Araújo Jorge. Um dos marcos da sua administração foi a implantação do Plano de Desenvolvimento Local Integrado (PDLI), que foi logo transformando em lei e posto em execução. 


O coronel Jorge Teixeira foi também o último governador do antigo Território Federal de Rondônia e o primeiro governador do novo Estado. Ele foi nomeado pelo Presidente da República João Baptista de Oliveira Figueiredo, assumindo o cargo em 10 de abril de 1979. Sua principal tarefa era transformar o Território Federal de Rondônia em Estado.


Jorge Teixeira de Oliveira nasceu em 03 de junho de 1921, na cidade de General Câmara, Rio Grande do Sul. Filho de Adamastor Teixeira de Oliveira e Durvalina Estibem de Oliveira. Tinha curso superior, formado pela Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), na turma de 1947. Fez mestrado em Educação Física, na Universidade Federal do Rio de Janeiro, em 1963. Casou-se com dona Aida Fibiger de Oliveira, e teve dois filhos, Rui Guilherme Fibiger Teixeira de Oliveira e Tsuyoshi Myamoto (criação). Enquanto esteve no exército, foi o criador e primeiro comandante do Centro de instrução de guerra na selva e primeiro comandante do Colégio Militar de Manaus (CMM).

A Avenida Djalma Batista, uma das principais vias de ligação dos bairros ao centro, foi umas das importantes obras do prefeito. Uma justa homenagem ao Teixeirão foi a criação do bairro Jorge Teixeira, pelo então prefeito Arthur Virgílio Neto, em 14 de março de 1989, com a distribuição de lotes para pessoas carentes, principalmente do bairro do São José. SELVA! Este famoso brado é também devido a ele; ecoa por toda a Amazônia. Grande guerreiro, cumpriu a sua missão na terra, com bravura, honradez e amor para com o povo brasileiro e a sua pátria. 
Fonte Uilizada: Wikipédia

Rondônia prestou algumas homenagens ao saudoso Teixeirão. Além da Escola Governador Jorge Teixeira de Oliveira, existe um município com o mesmo nome e uma avenida na área central de Porto Velho, Capital do Estado.

A Escola Governador Jorge Teixeira

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Governador Jorge Teixeira de Oliveira está situada à Rua Florianópolis n.° 1175, ao lado oeste do Setor 07, zona periférica do município de Jaru. Sua construção foi concluída em 1990 e foi instalada para atender a carência de vagas que surgiu com o fluxo migratório que aumentou consideravelmente a população do bairro onde a instituição está inserida.

O Decreto de Criação da escola é o de n.° 5713 datado em 27 de outubro de 1992 tendo ainda o Parecer do Conselho Estadual de Educação com o n.º 084/98/CEE-RO e Resolução 070/98/CEE-RO. A Escola Governador Jorge Teixeira oferece aprendizagem de 1.° ao 9.° Ano do Ensino Fundamental e de 1.° ao 3.° Ano do Ensino Médio na modalidade regular, ou seja, com aulas diárias e carga horária de 200 dias letivos. A instituição conta com profissionais na Direção, Orientação, Supervisão e nos demais setores. 

Os últimos resultados apontam um bom índice de aproveitamento, onde em 2010 a escola recebeu o Certificado “Escola Construtora do Saber” pelo resultado alcançado no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Todos os funcionários exercem suas funções com eficiência e sintonia com os objetivos propostos pela escola. Diante de tais fatos, o estabelecimento de ensino é visto como acolhedor e possui um bom relacionamento com as comunidades interna e externa, o que, segundo a direção, contribui de forma significativa com o processo de ensino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
;