quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Vivendo Nossa História: Jean Carlos Muniz


        Jean Carlos Muniz nasceu no dia 02 de julho de 1972 em Mantena (MG). Primeiro filho do casal Mariana Celina da Silva e Agostinho Muniz da Silva, sempre foi esperto e inteligente. Jogar bola era uma das atividades prediletas de Jean. Oriundo de uma família humilde começou a ajudar os pais no trabalho muito cedo e desde os seis anos de idade colaborava nas obrigações domésticas ajudando o pai na lida com o gado contribuindo com a mãe nos afazeres do lar, o que não permitia que o mesmo se envolvesse da maneira que queria em sua atividade preferida: o futebol.

Devido às dificuldades para estudar e as mudanças da família, Jean precisou estudar o módulo supletivo de 1ª a 4ª série, o que não impediu que ele demonstrasse sua capacidade e dedicação aos estudos. Ele sempre conseguia alcançar as melhores notas. O que pode ser comprovar em seu histórico escolar, mesmo trabalhando o dia todo e tendo que se deslocar aproximadamente sete quilômetros de bicicleta todos os dias é que ele foi dedicado aos estudos e muito assíduo à escola. “Jean dedicava-se aos estudos com muita responsabilidade só não concluiu o ensino médio porque foi assassinado”, declarou a irmã dele, Jordane Celina da Silva.

Jean Carlos Muniz era um jovem alegre, tímido e responsável. Embora as dificuldades fossem muitas, ele nunca desistiu de praticar o futebol, atividade que ele adorava e ganhou muitas medalhas e troféus nos torneios em que participou como atleta. Entretanto, um fato inexplicável acabou com os sonhos que ele almejava realizar. Durante a fatídica noite de 25 de setembro de 1991, Jean foi brutalmente assassinado em uma emboscada por volta da meia noite quando retornava da escola. O fato aconteceu quando ele adentrava o sítio situado à Linha 605, Km 05, onde morava com a família. Inexplicavelmente, Jean levou onze tiros e morreu sem ao menos saber o motivo, uma vez que não possuía inimizades com nenhuma pessoa.

Após a morte brutal do estudante Jean Carlos Muniz, o então vereador José Amauri dos Santos teve a iniciativa de homenageá-lo de uma forma especial. A homenagem veio com a idéia de colocar o nome dele na mais recente escola que acabara de ser construída no município no local onde existia anteriormente um hospital público. Estava criada a Escola Municipal Jean Carlos Muniz.

Jordane Celina da Silva, irmã de Jean Carlos, relata que ele deixou muitas saudades e uma lição de vida: os jovens podem e devem ser responsáveis respeitando suas famílias sem deixar de realizar seus sonhos.

A Escola Jean Carlos Muniz

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Jean Carlos Muniz, situada a Avenida Brasil nº 2633, setor 05, município de Jaru, foi construída no local onde anteriormente estava localizada a Unidade Mista de Saúde “Sandoval de Araújo Dantas”, sendo esta construção aguardada por toda comunidade, uma vez que este setor não possuía escola. Com a construção da referida Escola, o Poder Executivo de Jaru passou a permitir que crianças, jovens e adultos tivessem acesso a Educação Básica, garantindo a universalização do Ensino, objetivando oferecer ao ser humano estímulos concretos para o desenvolvimento das potencialidades, formando o homem num todo, permitindo assim que ele atue de maneira plena e consciente na sociedade.

A instituição foi criada através da Lei Municipal nº 189/GP/92, de 31 de março de 1992. O Executivo Municipal denominou de “Jean Carlos Muniz” a Escola de 1º Grau, situada na zona urbana do município de Jaru, tendo a mesma iniciada suas atividades pedagógicas no ano de 1993, criada através do Decreto nº 1.137/GP/93 de 25 de maio de 1993, funcionando em três turnos. Na época em que foi criada, a escola oferecia a Educação Infantil (Pré-Escolar), Ensino Fundamental (1ª à 8ª série), e Ensino Supletivo de 5ª à 8ª séries (seriado). Atualmente o estabelecimento de ensino atende aos alunos que estudam do 1.º ao 9.º Anos do Ensino Fundamental e a Educação de Jovens e Adultos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
;