quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Vivendo Nossa História: Elza Maria Fabris


Elza Maria Fabris em comemoração com as crianças
    
    Elza Maria Fabris nasceu no dia 11 de dezembro de 1946 em Bom Pastor (MG). Filha de Argemiro Moizés de Souza e Maria Busete, ela se formou na Escola Normal e Ginásio na cidade mineira de Dimorés em 1.º de dezembro de 1969, o ano em que o homem oficialmente “pisou” em solo lunar.

A chegada de Elza Fabris ao município de Jaru foi ano de 1970. Ela teve quatro filhos: Luciano da Silva, Noel Gomes da Silva, Andressa Maria Fabris e Geisiany de Souza Fabris. O dia 19 de junho de 1976 pode ser considerado com uma das mais importantes decisões que Elza Maria Fabris fez. Nessa data, ela oficializou a união com o então pecuarista Firmino Fabris.

A professora Elza Maria Fabris teve a primeira atuação na educação de Rondônia na função de diretora da Escola Plácido de Castro, local onde exerceu um papel de suma importância para a melhoria na educação. Nessa ocasião, ela lutou em busca de um melhor espaço físico e interagiu com pais e professores atuando na direção de 1973 a 1984. Em 1986 passou a atuar na Divisão de Apoio ao Educando (DAE), onde também teve uma brilhante atuação até 22 de março de 1990. A partir dessa data passou a responder pelo Departamento de Inspeção Escolar (DIE). Em 1.° de abril daquele ano o órgão passou a ser denominado como Departamento de Inspeção Geral (DIG).

Um acontecimento no Dia Internacional da Mulher em 1993 foi um marco na vida profissional de Elza Fabris. Nessa data ela assumiu a Representação de Ensino da Secretaria de Estado da Educação em Jaru. Ela foi nomeada através da Ordem de Serviço 030/1993. Após a passagem pelo referido cargo, voltou a atuar no Departamento de Inspeção Geral, onde trabalhou até ser aposentada em dia 04 de outubro do ano 2000.

Em 2001 a professora Elza Maria Fabris sofria de uma doença, sendo necessária a realização de uma cirurgia. Após acontecer os procedimentos cirúrgicos, houve uma “recaída” e o quadro de saúde se tornara irreversível, culminando com o seu falecimento em 18 de março de 2002. Elza Mara Fabris foi uma das pioneiras do município de Jaru e sempre acreditou que a educação fosse o melhor caminho para as transformações necessárias à sociedade.

 A Escola Elza Fábris

A Escola Maria Fabris foi criada através da Lei Municipal 742/GP/2004 de 21 de junho do referido ano. O prefeito da época José Amauri dos Santos (PMDB), observando as necessidades da comunidade existente no Bairro Jardim dos Estados decidiu construir uma escola de ensino infantil. 

A primeira administração da escola foi feita pelas professoras Kelli Paixão da Silva e Maria Cléria Ribeiro de Paula no ano de 2004. Kelli Paixão continua na instituição como diretora e, juntamente com os demais servidores, proporciona às crianças à formação educacional que necessitam.

A escola está situada à Rua Ayrton Senna s/n, Bairro Jardim dos Estados. O atendimento é feito no ramo de Ensino Infantil nos turnos matutino e vespertino. Construída em alvenaria, o estabelecimento de ensino possui quatro salas de aula, dependências administrativas, cozinha, pátio coberto, três banheiros, um refeitório e atende a inúmeros alunos de segunda a sexta-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
;